Buscar
  • blanco

Sobre quadros



Sei que é uma pergunta estranha, mas você lembra da última vez em que mandou revelar um filme? Há quanto tempo não segura uma fotografia impressa ou faz um álbum de suas fotos? Pois é, são coisas que de alguma forma ficaram no passado. Atualmente, tanto câmeras quanto mídias se tornaram praticamente todas digitais e isso interferiu seriamente no que, até não muito tempo atrás, considerávamos parte importante do processo fotográfico. Revelar, ampliar e eventualmente enquadrar uma imagem são etapas cada vez mais raras, mas que não perderam o sentido. No fundo, toda essa revolução digital re-significou a parte analógica do processo, de forma que ele ganhou ainda mais valor apesar de menos popularidade.


Em quase toda a casa, ao menos em uma parede, tem um quadro pendurado seja de uma foto, gravura ou arte. Quadros não saíram de moda, e isso faz ainda mais sentido, pois se revelar um filme e imprimir todas as suas fotos sempre representava algum desperdício, quando você seleciona uma foto favorita para imprimir e enquadrar, não apenas estará fazendo um uso muito mais racional de material, como estará dando valor e destaque àquela imagem.


E um quadro não é simplesmente um apoio para prender uma foto na parede, é também uma ótima forma de conservação da imagem: um ponto crucial desse processo. Seguindo uma linha contrária das fotos postadas na grande rede, uma imagem enquadrada ganha vida própria e longevidade como um objeto real. Pode ser uma reprodução ou fazer parte de uma série limitada, mas o simples fato de retirar uma imagem de seu estado de latência já a torna uma obra diferenciada. E nesse ponto, a revolução digital deu valor a impressão, pois o que já foi muito comum, é agora raro e um diferencial. Já inventaram porta-retratos digitais, e acredito que também quadros, onde você pode colocar diversas imagens que variam ao longo do tempo, mas comparados a um quadro real, não passam de objetos eletrônicos. O quadro é uma forma elegante de expor uma imagem, ainda é insubstituível em sua estética.



Para falar rapidamente sobre esses objetos, considero o vidro ( bastante recomendado em um quadro ) muito importante para proteger a foto de sujeiras e partículas indesejadas. Vidros são relativamente fáceis de limpar, obviamente tomando os devidos cuidados para não arranhá-lo, mas normalmente uma sujeira superficial sai com um simples assopro. Existem opções de vidros com menos reflexo ou totalmente anti-reflexo, que funcionam muito bem.



Outra parte opcional na montagem do quadro é o paspatur (passe-partout). Ele é um cartão vazado que margeia a imagem por dentro da estrutura da moldura. Normalmente branco ou claro, além da função estética, também garante que a sua imagem não ficará em contato direto com o vidro, o que, com o tempo, poderia causar danos E normalmente o paspatur é feito de material com PH neutro, o que ajuda na conservação da imagem, evitando mofos e fungos.



Em termos de impressão, acho interessante falar das qualidades da Fine Art. Esse é o nome de um processo especialmente feito para impressões em jato de tinta com papeis desenvolvidos para absorver e otimizar cada ponto usado na impressão. Ou seja, tanto o papel quanto a impressora são diferenciados, mas você encontra facilmente lugares que fazem esse serviço ou até mesmo opções para você fazer em sua casa ( importante salientar que um dos processos fundamentais desse tipo de impressão é a calibragem e ajuste de cores além de outros detalhes que devem ser feitos por um profissional, assim recomendo estudar bastante o assunto antes de adquirir um equipamento próprio). Além de uma qualidade melhor da imagem, com cores e detalhes mais bem definidos do que em uma impressão fotográfica normal, o Fine Art tem alta durabilidade, muitos anos a mais que outros tipos de impressão, dependendo do papel. Isso é um fator a se considerar para enquadrar um imagem.




Sem querer me aprofundar muito em teorias ou nos detalhes técnicos, apresentei algumas idéias para quem quer fazer, comprar ou pelo menos entender um pouco mais sobre esses objetos que ainda são reais e não se preocupam em disputar espaço no mundo virtual.

22 visualizações
  • Black Instagram Icon
0